Zumbido pode ser sintoma de perda auditiva

Zumbido pode ser sintoma de perda auditiva

O zumbido não é uma doença, mas um sintoma que surge a partir de uma série de causas subjacentes.

O zumbido pode ser causado por vários fatores, alguns dos quais não estão sob o seu controle, como o envelhecimento.

O zumbido também tem sido associado a infecções de ouvido, cerume e neuropatias sensoriais (doenças dos nervos associados aos sentidos).

Na maioria das vezes, o zumbido é causado devido à exposição repetida a som excessivamente alto.

Em alguns dias o zumbido pode estar pior do que em outros.

Isso pode acontecer pelo cansaço, pelo estresse ou porque sua imunidade está baixa devido a outros fatores, como doenças.

Diversas coisas podem desencadear o zumbido, porém na maioria das vezes é causado por sons altos, que danifica as delicadas células do ouvido interno. Alternativamente, estresse, hipertensão arterial e até mesmo cerume excessivo podem provocar o zumbido.

Seja uma música maravilhosa, seja o barulho de um avião decolando, a exposição a sons altos pode causar danos à sua audição.

O estresse devido a circunstâncias de vida difíceis pode afetar todo o seu corpo, inclusive a sua audição.

O consumo excessivo de álcool ou água de quinino, encontrada nos ‘tônicos’ usados em muitos drinks, licores ou batidas, pode desencadear o zumbido.

O hábito de fumar estreita os vasos sanguíneos que levam oxigênio às células sensoriais dos ouvidos.

Altas doses de aspirina e analgésicos AINEs são conhecidos desencadeadores do zumbido, bem como alguns antibióticos e antidepressivos.

A hipertensão arterial pode aumentar os sintomas do zumbido; assim, pessoas com zumbido devem diminuir a ingestão de sal.

CAFEÍNA – Café, chás escuros, bebidas de cola e bebidas energéticas contém cafeína, e pessoas com zumbido relatam que abolir essas bebidas do seu dia a dia ajuda a controlar o zumbido.

Caso você suspeite que tenha zumbido, a primeira coisa a fazer é consultar-se com um especialista experiente e capacitado no controle do zumbido.

Frequentemente os efeitos do zumbido podem ser minimizados com uma combinação de tratamento e estimulação sonora.

Muitas pessoas com zumbido podem apresentar também alguma perda auditiva; assim, os sons gerados pelo sistema nervoso na forma de zumbido parecem muito altos, pois elas estão imersas em um silêncio maior promovido pela perda auditiva.

Ao trazer de volta todo cenário acústico, ou seja os sons do ambiente que nos envolve, o aparelho auditivo pode tornar menos perseptível o desagradável barulho do zumbido.

Nos casos em que apenas o enriquecimento sonoro promovido pelo aparelho auditivo não traz o conforto desejável, ainda podemos trabalhar a habituação do zumbido com terapias sonoras específicas.

Entre em contato e agende uma conversa caso este seja seu problema.

Artigos recentes

2020-06-18T17:21:34-03:00
WhatsApp Olá! Como podemos ajudar?